05 Out, 21

A pandemia gerou desafios para diversos setores econômicos, porém sobressaíram aqueles que se reinventaram e encontraram formas de superar as dificuldades. A construção civil surpreendeu e prosperou nesse período com o aumento da demanda, mas também enfrentou intempéries. Um levantamento realizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) apontou que, nos momentos mais críticos da pandemia, cerca de 84% das empresas consultadas sofreram com o desabastecimento de aço em suas regiões. O prazo médio de entrega do material superou os 90 dias. Além do segmento de aço, que engloba insumos como vergalhões, arames e vigas, outras matérias-primas ficaram escassas no mercado, como cerâmicas, louças, gesso, concreto e tinta. Soma-se a esse fator, os períodos de paralisação das atividades presenciais. 

Contudo, com dedicação no período de retomada o setor aquecido, começa a mostrar os resultados positivos com entregas dentro do prazo. Um exemplo recente é o Gaia Consciente Home, que teve as obras finalizadas e foi apresentado no início de setembro aos consumidores aptos a receber suas unidades e começar a habitar o novo residencial da rua T-29, no Setor Bueno. Com a obra entregue dentro do prazo, cumprindo nós havíamos proposto, muitos clientes se emocionaram ao se deparar com o resultado. Mas, para obter êxito neste propósito de cumprimento do cronograma, nós e todos os envolvidos na construção, vencemos grandes desafios.

“É muito gratificante entregar o Gaia no prazo, mesmo diante dos desafios que esse momento de pandemia nos impôs. Apesar de todas as dificuldades, a Consciente se manteve firme, com nossas parcerias saudáveis, e o resultado foi de encher os olhos dos clientes que visitaram o Gaia no tour de entrega que realizamos. Nossos clientes estão ansiosos em receber seu apartamento e poder usufruir de uma área de lazer completa, bem equipada e com muita área verde”, define Camila Inácio, gerente de empreendimento da Consciente Construtora.

A empresária Rozemeire Cândida, foi uma das primeiras a comprar e a receber as chaves do imóvel. Ela afirma que a nossa pontualidade e o compromisso em entregar os empreendimentos dentro do prazo foram determinantes para a aquisição do imóvel. “Esse é o terceiro apartamento que eu compro da Consciente e essa experiência contribuiu para eu fazer esse investimento. Eu assinei o contrato no dia do lançamento por saber dessa responsabilidade e organização da equipe”, destaca Rozemeire, que irá morar no Gaia com a filha.

Ela ainda afirma que não ficou preocupada com as interrupções das obras diante de decretos para evitar a disseminação da Covid-19. “É algo que entendemos porque todos tiveram que parar. Porém, mesmo assim, entregaram no prazo previsto, já que me disseram que a entrega seria entre setembro e outubro”, completa a empresária.

Para superar o cenário de falta de insumos e suprimentos no mercado, nós apostamos nos parceiros locais. Além de ter acesso facilitado e com prazo de entrega mais ágil, incentivamos a economia da região, fomentando o desenvolvimento de parceiros próximos, e também estabelecemos práticas sustentáveis com essa medida, reduzindo as distâncias, o uso de combustíveis no transporte terrestre e gastos logísticos. 

Segundo Humberto Dutra Borges, gerente da área de suprimentos da empresa, entre os principais insumos adquiridos de fornecedores locais, estão concreto, madeira, cimento, areia e aço. A parceria com a empresa fornecedora de Concreto, por exemplo, já dura quase 30 anos e foi se consolidando obra após obra, relata ele, destacando que a empresa exige dos parceiros próximos o mesmo patamar de qualidade e comprometimento esperado de fornecedores nacionais.   

O Gaia Consciente Home foi lançado em 2017 e teve suas obras iniciadas no primeiro semestre de 2018. Durante a fase de construção, gerou aproximadamente 300 vagas de trabalho para a comunidade.

Mãos dadas com a natureza

Camila Inácio destaca que o empreendimento erguido em um espaço de 2.887 m² traz diversas inovações sustentáveis em seu projeto, como placas fotovoltaicas para geração de energia solar, horta e pomar para cultivo de alimentos orgânicos, e teto verde com reaproveitamento das águas das chuvas. O projeto foi moldado para atender o crescimento da demanda de consumidores por moradias sustentáveis. 

“O Gaia segue a tendência dos produtos Consciente, sempre voltados a proporcionar bem-estar genuíno e o contato com a natureza. Esse contato com o verde está presente no Gaia por meio do pomar, da horta e do ipê. Tudo é pensado sem perder a regra simples de criar espaços de convívio em família e entre amigos”, ressalta Camila.

Os apartamentos do empreendimento têm plantas flexíveis e metragens de 150 m², 157 m² e 170 m², podendo ter três suítes ou serem adaptadas para quatro quartos e duas suítes. Ao todo, são 37.077,48 m² de área construída na Rua T-29, na esquina com a Rua T-44, no Setor Bueno.

Categorias: Institucional

Assuntos relacionados

Ver todos
Canal

Institucional

Consciente esclarece dúvidas de clientes sobre financiamento

A Construtora e a Caixa Econômica receberam os clientes do Planet Consciente Garden para esclarecimentos.

Canal

Institucional

Consciente recebe Prêmio WEPs Brasil 2019

O Departamento de Responsabilidade Socioambiental tem orgulho de fazer parte de Empresas Empoderando Mulheres.

Canal

Institucional

Consciente celebra o Dia da Paz

Tradição na empresa, a data leva toda a equipe a refletir juntos a respeito da cultura de paz.